Arquivo da categoria ‘Utilidade Pública

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem e vigiem ‘A decadência.’folhas

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Lei 10.639 / 2003 torna obrigatório o ensino de história e culturas africanas e afro-brasileiras nas escolas, vem aumento de mercado editorial ou número de publicações dedicadas a estes temas. Seja em literatura de ficção ou em pesquisas acadêmicas e em artes de várias especialidades.

Lançamento Aguardem

Conteúdo: 668 fotos e textos

Livro Digital CD Room  BLACK HERYTAGE

Publicado novembro 20, 2016 por heitordacosta em Livros, Uncategorized, Utilidade Pública

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Vamos que Vamos. Arriba…Serra vai a luta

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Mais uma edição a de numero 63 da jhcMídiaDigital

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

A ORDEM DAS CABEÇAS PENSANTES   Leave a comment

Pois é… A quem interessar possa.

‘Presidente em exercício na Câmara anula processo de impeachment de Dilma.’

The law? Now the Law …

Estou cansado de dizer que o caminho tomado ((democrático), não serve para resolver essa bagunça instalada no país).

Vejam quanto tempo o brasil (assim mesmo), está paralisado. No momento, as regras, estão tomadas, as articulações quase concretizadas. Seja o caminho não importa: A Câmara dos Deputados serve de plataforma para tumultuar a véspera do julgamento final, com a “decisão’ tomada por um Alien, oriundo lá do lugar onde todos sabem que existe essa corja”.

Porém, a grande jogada não termina aí, ela proporciona o grande final no STF. É neste lugar que tudo está preparado para sacramentar o absurdo.

O que ainda resta para a sociedade, é a esperança que alguém que participa daquele grupo onde todos se vestem de forma igual, tire de seus ombros a estrela vermelha nefasta do PT, e coloque as verdadeiras.

Só resta esse caminho. Só resta esse caminho. Só resta esse caminho

José Heitor da Costa

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Manifesto de repulsa.

Pois é…

Mais uma vez a ‘Franco Maçonaria’ tupiniquim da qual fazem parte todos os ‘POLITICOS, MILITARES, REIS EMPRESÁRIOS, LARÁPIOS, DESTE PAÍS, ENTRE ELES O Grão Mestre, MOR DO PMDB MICHEL TEMER, VEM A PÚBLICO APRESENTAR ESSE SER ABJETO, SALAFRÁRIO, PILANTRA, LADRÃO DOS BENS PÚBLICO E PRIVADO, ALCOÓLATRA QUE TEM ENTRE SEUS ASSECLAS OS JAGUNÇOS E, INTEGRANTES DE SUA PRÓPRIA FAMILIA.

Eu sempre disse aos meus amigos do Rio de Janeiro, que costumam fazer passeata de protesto na linda orla da zona sul, como os paulistas que vão desfilar na Av Paulista, não é esse o caminho. Não é essa atitude a ser tomada neste presente MOMENTO. O Caminho certo é Brasília. Já passou mais da hora de fazermos o uso do exercício da própria razão que se for considerado o eufemismo, É PORRADA NESSES CALHORDAS. Vamos lá.

Quem está postando é um brasileiro indignado que serviu a sua Querida PÁTRIA, que ao longo dos 78 anos vividos honrou o nome que o meu querido pai me agraciou. Já tive oportunidade de vidas através do meu trabalho, se Alegrarem e outras, salvar.

Aqui, não é nenhum fanfarrão que está se manifestando, injuriado.

Apesar do meu ‘Marca Passo’ recentemente implantado tenho disposição para o confronto.

Não sou apaniguado por nenhum desses malditos. Não estou sentado em sofás de cassinos de oficiais brincando de real defensor dos direitos constituídos.

O escárnio, à bofetada que nos afronta diariamente, não pode mais acontecer.

A Lei? Ora serve apenas para enriquecer alguns advogados. As cadeias estão repletas de Zés ruelas, como dizia o brilhante antropólogo Darcy Ribeiro ‘os filhos de ninguém’, enquanto esses canalhas passeiam escoltados por seus serviçais milicos a paisana.

Vamos lã cambada, vão querer me processar? Não tenho medo.

É preciso impedir que essa pantomina seja levada a frente. Vamos que Vamos.

São Paulo, 15 /03 /2016.

José Heitor da Costa.

<Escritor, Diretor De Televisão, Radialista, Jornalista, Cineasta Documentarista, Fundador e Vice-Presidente da Revista jhcMídiaDigital, Fundador e Preasidente émerito  da ‘The Order of The Thinking Heads”- ou, pela forma “A Ordem das Cabeças Pensantes.>

A Ordem das cabeças Pensantes   Leave a comment

Hoje 08:32

ABJ: 5 ANOS DEPOIS DA FUNDAÇÃO DA ENTIDADE AS ESTRATEGIAS COLOCADAS EM PRATICA SE MOSTRARAM CORRETAS

Em 26/07/2009 foi fundada a ABJ – Associação Brasileira dos Jornalistas pouco mais de um mês da histórica decisão do STF que
em 17/06/2009 acabava com a exigência de diploma de jornalista para o exercício da profissão. Os profissionais diplomados e suas entidades gritavam em coro que seria o caos, alegavam que os meios de comunicação iriam substituir os diplomados pelos sem diploma para reduzir seus custos, o que não aconteceu.

A estratégia inicialmente definida pelos jornalistas fundadores foi ao criar a ABJ fazer dela uma entidade que não discriminasse entre jornalista com ou sem diploma considerando isso totalmente irrelevante para o exercício da profissão. A ABJ é a única entidade nacional de jornalistas que aceita associados com ou sem diploma.

Outra estratégia foi trabalhar junto aos parlamentares no Congresso Nacional mostrando a ilegalidade das PECs que exigiam a volta do diploma e ao mesmo tempo atuando de forma a atrasar ao maximo possível a tramitação destas propostas. No ato da fundação a previsão era que as PECs dificilmente seriam aprovadas e mesmo que fossem levaria no mínimo 3 a 4 anos ou seja já se passaram 5 anos e elas continuam tramitando

A diretoria articulou e conseguiu pareceres jurídicos de ex-ministros do STF que mostram a inconstitucionalidade das PECs e aguardar apenas que, caso uma delas seja aprovada, para dar entrada de ação judicial no STF para suspender a exigência da PEC eventualmente aprovada, ação que vai beneficiar diretamente os jornalistas associados da nossa entidade tendo em vista que nossa entidade pode apenas representar seus associados

A ABJ além de ter trabalhado no Congresso Nacional com o objetivo de impedir que as PECs fossem aprovadas conseguiu que fosse expresso com clareza nos documentos oficiais que mesmo que venham a ser aprovadas, não cancelam o direito adquirido dos jornalistas sem diploma que passaram a exercer a profissão, nem muito menos podem alterar uma decisão judicial transitada em julgado em ultima instancia no STF como determina a constituição federal

Assim como a constituição proíbe PECs que façam alterações em direitos adquiridos e ou expressos na constituição, o que apenas demonstra a ilegalidade de tentar a volta do diploma via alteração constitucional

Trabalhamos nas alterações no SUPERSIMPLES para possibilitar que os jornalistas possam operar através deste tipo de legislação e obtivemos sucesso poucos dias antes de completarmos 5 anos de fundação pois as alterações legislativas foram aprovadas no Congresso Nacional e estão apenas aguardando a sansão da presidente Dilma. Mais uma estratégia que teve sucesso.

Solicitamos ao ministro Afif Domingos da Secretaria da Micro e Pequena Empresa que inclua também na próxima alteração legislativa os jornalistas na legislação da MEI – microempreendedor individual, isso em nosso entender vai contemplar a grande maioria dos profissionais com um mínimo de carga tributaria

Nossa visão para o futuro é dar aos jornalistas também uma opção que já está se espalhando pelo mundo e aqui no Brasil ainda está engatinhando, que é a criação de entidades sem fins lucrativos para atuar no jornalismo, deixando a atividade completamente isenta de impostos, mudando o paradigma do setor de empresarial que visa lucro para sem fins lucrativos, o que muda profundamente tudo na forma de atuação destes novos meios de comunicação que vão visar o que é realmente importante: O BEM COMUM NUNCA O LUCRO

Estamos em fase final de estruturação do CENTRO BRASILEIRO DE JORNALISMO SEM FINS LUCRATIVOS – CEBRAJOR que vai ter como principal missão, orientar e ajudar a legalização das entidades para os profissionais poderem atuar sem nenhuma carga tributaria e com grande facilidade, que somente a institucionalização dos profissionais como pessoa jurídica permite, ou seja, ter seu CNPJ próprio sem pagar impostos, os interessados já podem consultar e pedir informações pelo email da diretoria da ABJ: abj.diretoria@gmail.com transitoriamente até que o CEBRAJOR esteja funcionando normalmente.

Porem a cada dia novos desafios surgem e a experiência de muitos anos mostra que somente jornalistas associados cooperando através de uma entidade nacional podem sim atuar a favor de seus interesses e ao mesmo tempo se defender de coisas danosas que sempre acontecem e poderiam causar muitos danos ao coletivo dos jornalistas, quando não se define uma estratégia clara e se coloca em atuação para obter a resposta esperada

AS ESTRATEGIAS COLOCADAS EM PRATICA ATÉ O MOMENTO SE MOSTRARAM CORRETAS E ESTÃO DANDO RESULTADOS

Viva a ABJ !! viva os fundadores pioneiros em sua visão de cooperação e união sem nenhuma discriminação !! Viva nossos colaboradores que fizeram isso acontecer na pratica !!!

O tempo é o senhor da razão e quando a razão está correta ela acaba prevalecendo

Parabéns a todos os associados que fazem e fizeram parte desta bonita historia que faz hoje 5 anos de existência !!!!

Antonio Vieira é presidente da ABJ e jornalista por amor a arte de escrever e se comunicar

Publicado julho 28, 2014 por heitordacosta em Utilidade Pública

Etiquetado com

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem e vigiem Vamos Aplicar

MANIFESTO – EMENDA CONSTITUCIONAL 2012- URGENTÍSSIMO!!!
Se isto for aprovado ja vai ser um grande passo para o futuro deste país.
Repassem Obrigado.
Ac

MANIFESTO – EMENDA CONSTITUCIONAL 2012

Manifesto

Peço a cada destinatário para encaminhar este e-mail a um mínimo de vinte pessoas de sua lista de endereços e, por sua vez, pedir que cada um deles faça o mesmo.

Em três dias a maioria das pessoas no Brasil terá esta mensagem. Esta é uma idéia que realmente deve ser considerada e repassada para o Povo.

Lei de Reforma do Congresso de 2012 (emenda da Constituição do Brasil):

1. O congressista receberá salário somente durante o mandato. E não terá direito à aposentadoria diferenciada em decorrência do mandato.

2. O Congresso contribui para o INSS. Todo o fundo (passado, presente e futuro) atual no fundo de aposentadoria do Congresso passará para o regime do INSS imediatamente. O Congressista participa dos benefícios dentro do regime do INSS exatamente como todos os outros brasileiros. O fundo de aposentadoria não pode ser usado para qualquer outra finalidade.

3. O congressista deve pagar para seu plano de aposentadoria, assim como todos os brasileiros.

4. O Congresso deixa de votar seu próprio aumento de salário, que será objeto de plebiscito.

5. O congressista perde seu seguro atual de saúde e participa do mesmo sistema de saúde como o povo brasileiro..

6. O congressista está sujeito às mesmas leis que o povo brasileiro.

7. Servir no Congresso é uma honra, não uma carreira. Parlamentares devem servir os seus termos (não mais de 2), depois ir para casa e procurar emprego. Ex-congressista não pode ser um lobista.

8. Todos os votos serão obrigatoriamente abertos, permitindo que os eleitores fiscalizem o real desempenho dos congressistas.

Se cada pessoa repassar esta mensagem para um mínimo de vinte pessoas, em três dias a maioria das pessoas no Brasil receberá esta mensagem.

A hora para esta emenda na Constituição é AGORA.

É ASSIM QUE VOCÊ PODE CONSERTAR O CONGRESSO. Se você concorda com o
exposto, REPASSE, se não, basta apagar.

Você é um dos meus + 20.

Por favor, mantenha esta mensagem CIRCULANDO

Publicado dezembro 13, 2012 por heitordacosta em Utilidade Pública