A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Lula pontifica na reforma ministerial, enquanto comemora impunidade no Mensalão e no Rosegate

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Leia também o site Fique Alerta  www.fiquealerta.net 
Por Jorge Serrão  serrao@alertatotal.net

Enquanto continua passando a imagem de que é o “Presidente paralelo do Brasil” ou o “Interventor Emérito nos assuntos da Prefeitura de São Paulo”, Luiz Inácio Lula da Silva comemora o sucesso de sua ação de bastidores para apagar dois incêndios que ameaçavam queimá-lo politicamente: o desdobramento do caso Mensalão e o Rosegate. Os dois escândalos, tramitando judicialmente, já estão sob controle – na visão de aliados próximos a Lula – que agora está mais preocupado com a reforma ministerial que Dilma Rouseff fará.

Ontem ficou evidente que dará em nada a denúncia feita pelo empresário Marcos Valério, para tentar diminuir suas penas de mais de 40 anos de prisão no Mensalão, em troca de revelar supostos novos detalhes sobre o nunca comprovado (só o diabo sabe como) envolvimento pessoal de Luiz Inácio Lula da Silva nos esquemas de compra de votos de parlamentares. A Procuradoria da República em Minas Gerais simplesmente enviou o caso para o Ministério Público no Distrito Federal – local onde teriam ocorrido os fatos “denunciados” por Valério.

A Polícia Federal (sabe-se lá qual de seus cinco grupos internos) está escalada para investigar se são verídicas as informações de que Lula levou grana oriunda dos esquemas do Mensalão para custear suas despesas pessoais. A denúncia sobre tal benefício foi feita por Valério, no dia 24 de setembro, à Procuradoria Geral da República. O caso já foi enviado pelo Procurador-Geral Roberto Gurgel para MG. Agora retorna à Brasília, por decisão do procurador regional Leonardo Augusto Santos Melo. O jogo de empurra sinaliza que o caso vai dar em nada contra Lula – como tradicionalmente acontece.

No Rosegate, a coisa anda mais lenta ainda. Nem se cogita colher algum depoimento de Luiz Inácio da Silva sobre o escândalo de corrupção em que sua assessora direta e amiga pessoal Rosemary Nóvoa Noronha foi indiciada por tráfico de influência, corrupção passiva, falsidade ideológica e formação de quadrilha. E agora, como o Alerta Total revelou ontem, em primeira mão, Lula e seu companheiro José Dirceu preparam o lançamento da candidatura de Rose a deputada Federal pelo PT, em 2014. Eleita, Rosemary ganharia a chamada “impunidade” (ops) imunidade parlamentar e teria direito a foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal – em algum dia quando o caso chegar entrar na fase de processo judicial.

Mesmo indiciada no inquérito da Operação Porto Seguro por corrupção passiva, falsidade ideológica, tráfico de influência e formação de quadrilha, Rosemary Nóvoa Noronha já se apresentou à cúpula do PT como pretendente a disputar o cargo de deputada federal por São Paulo, na eleição de 2014. A candidatura de Rose já conta com o apoio de seu melhor amigo e padrinho Luiz Inácio Lula da Silva. Só vai faltar ele escalar Marisa Letícia como principal cabo eleitoral da ex-secretária do escritório paulista da Presidência da República. José Dirceu também aposta na velha amiga Rose.

publicado em março 15, 2013 por heitordacosta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: