Arquivo para setembro 2014

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem e vigiem   Reflexão.

10384219_295077247348450_6828231217191640952_n Boa Fábula.

Anúncios

Publicado setembro 29, 2014 por heitordacosta em Reflexão, Revelações

A Ordem das Caberças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem e vigiem Logo estarei de volta  fim das férias

Publicado setembro 29, 2014 por heitordacosta em Entretenimento

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem e vigiem

Por Eça de Queirós

A única crítica é a gargalhada! Nós bem o sabemos: a gargalhada nem é um raciocínio, nem um sentimento; não cria nada, destrói tudo, não responde por coisa alguma. E no entanto é o único comentário do mundo político em Portugal. Um Governo decreta? gargalhada. Reprime? gargalhada. Cai? gargalhada.

E sempre esta política, liberal ou opressiva, terá em redor dela, sobre ela, envolvendo-a como a palpitação de asas de uma ave monstruosa, sempre, perpetuamente, vibrante, e cruel – a gargalhada!

 

Política querida, sê o que quiseres, toma todas as atitudes, pensa, ensina, discute, oprime – nós riremos. A tua atmosfera é de chalaça.

Eça de Queirós é um dos maiores gênios imortais da Língua Portuguesa. Originalmente publicado in ‘Uma Campanha Alegre’.

Publicado setembro 26, 2014 por heitordacosta em Cultura

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem e vigiem.

Pois é… Estava pensando. Quando escrevi o livro ‘DOSSIÊ” A Luta contra a Ditabarbosadura do índice de Audiência. No enredo criei um partido Político com propostas que ajudariam nas mudanças políticas dentro do contexto da obra.

Hoje, o que era ficção seria real diante deste obsceno processo.

Porém como ainda me considero em férias, meu combalido coração agradece, continuarei sonhando longe deste horrível pesadelo.

Criei uma chapa que acredito se real fosse a bandidagem, os crápulas, tremeriam e quiça, procurariam asilo político no EI.

Para Presidente da República

Joaquim Benedito Barbosa Gomes

Vice-Presidente da Repúblicacapa15 juiza denise frossard

Denise Frossad.

Quanto a mim, Fundador e Presidente do Partido fiel depositário dos bens morais e executor das ordens emanadas do poder constituído.

PS: O bicho pegava…

Publicado setembro 24, 2014 por heitordacosta em Uncategorized

Etiquetado com , , , , , ,

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Maravilha! Vamos que vamosPTitanic afundando 3 lula e rosemeiye

Publicado setembro 10, 2014 por heitordacosta em As imoralidades

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem e vigiem

 

Eduardo Campos vinha recebendo ameaças veladas de membros da cúpula petista sobre o alto risco de seu nome ser envolvido, de forma comprometedora, nas investigações da Operação Lava Jato, principalmente nos negócios superfaturados envolvendo a refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. A queda do avião que matou o presidenciável socialista foi a gota d´água para Paulo Roberto Costa, ex-diretor de abastecimento da Petrobras, decidir contar tudo que sabe na delação premiada aos investigadores da Operação Lava Jato.

 

Também ameaçados, Paulo Roberto e seus familiares temiam o mesmo destino fatal de Campos. Preso desde março na Polícia Federal no Paraná, Paulo Roberto soube de uma informação assustadora sobre o “acidente”. Um dia antes da queda mortal em Santos, dois homens fizeram uma “manutenção” na aeronave. O fato gravíssimo é que a Aeronáutica e a segurança da Infraero no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, não têm a identificação dos dois “técnicos”.

 

Ao saber que a estranha ocorrência era investigada pela FAB, indicando que a morte de Eduardo Campos pudesse não ser tão acidental quanto parecia, Paulo Roberto resolveu mudar sua estratégia de defesa e contou tudo que sabia ao Ministério Público Federal e ao juiz Sérgio Fernando Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba. O nome de Eduardo Campos, inclusive, foi um dos citados nos problemas ligados à refinaria Abreu e Lima. Como bem reclamou a alarmada candidata Marina Silva, Paulo Roberto causou uma “segunda morte” de Eduardo Campos.

 

O domingão foi de pânico por causa da delação premiada de Paulo Roberto Costa. O ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajou ontem de manhã à Brasília para uma “reunião de emergência”. Lula se deslocou no jatinho da empreiteira Andrade Gutierrez que costuma usar em seus deslocamentos. O fato coincide com o momento fatal em que a Lava Jato, a partir do que Paulo Roberto delatou, começa a centrar fogo nos negócios das grandes empreiteiras – principalmente com a Petrobras. As grandes construtoras, inclusive, passaram o recibo de montar um inédito “pool” para a uma estratégia comum de defesa – já que teriam sido formalmente denunciadas, com provas, sobre pagamentos de propinas milionárias. As construtoras Camargo Corrêa, Odebrecht, OAS e Mendes Júnior, entre outras menos votadas e tradicionais doadoras de campanhas eleitorais, estão na mira do Ministério Público Federal e da Justiça.

 

O 7 de setembro foi um dia terrível para quem já sabe ter sido dedurado pelo arquivo-vivo Paulo Roberto Costa. Embora não se saiba que tenha sido formalmente citado pelo ex-diretor de abastecimento da Petrobras, Lula ficou tão preocupado quanto irritado, e já deu ordens para o governo adotar uma linha ofensiva de discurso. A missão é quase impossível para Dilma Rousseff que ontem estava abatida porque sabe não ter mais condições políticas de manter sua amiga Maria das Graças Foster na presidência da Petrobras. Dilma deve receber de Graça, o mais urgente possível, o “pedido para sair”, provavelmente junto com toda a diretoria da estatal de economia mista.

 

A turma do Palácio do Planalto, que só sabe de tudo quando convém, foi informada de que Paulo Roberto não poupou ninguém. Tanto que sua delação premiada, respaldada na Lei 9.807, de 1999, agora considerada mais uma herança maldita da Era FHC, pode render a Paulo Roberto até um inesperado “perdão judicial”. Se suas informações realmente permitirem a identificação dos membros da organização criminosa e facilitarem a recuperação total ou parcial dos milhões ou bilhões de reais desviados pelo esquema da Lava Jato, Paulo Roberto pode entrar no programa de proteção a testemunhas. Assim, legalmente, mudaria de nome e sairia do Brasil.

 

O acordo de delação premiada firmado por Paulo Roberto Costa com a Justiça terá de ser homologado pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, que cuida já de três ações ligadas à Lava Jato que envolvem políticos e autoridades com direito a foro privilegiado. A tendência de Zavaskci, sem muita alternativa, é pela ratificação do acordo. Em maio, o ministro chegou a conceder um habeas corpus libertando 12 presos na Lava Jato, inclusive Paulo Roberto. Mas foi obrigado a voltar atrás, sob o argumento de que os suspeitos poderiam fugir. Como os investigadores encontraram uma conta corrente de Paulo Roberto na Suíça, o juiz Sérgio Moro teve um argumento legal para fazê-lo retornar à cadeia.

 

Paulo Roberto Costa afundou o PTitanic. Agora, como diz um amigo, restam duas classes no Brasil, que aguardam os próximos acontecimentos: as armadas e as alarmadas..

 

<Por Jorge Serrão  serrao@alertatotal.net>

 

Publicado setembro 8, 2014 por heitordacosta em As Maracutaias

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Vamos que vamos

 

Publicado setembro 8, 2014 por heitordacosta em Música