Arquivo para abril 2013

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem vigiem.  Repassando.

 

Comissão da Verdade rasga Constituição ao pregar que relatório vai embasar ações criminais anti-anistia

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alerta – www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão – serrao@alertatotal.net
Que punição é cabível a quem desrespeita a Constituição Federal no Brasil? Certamente, nenhuma. Se houvesse alguma penalidade claramente prevista, a Comissão Nacional da Verdade poderia ser alvo de uma ação criminal por flagrante desrespeito à Lei Maior. Acontece que dificilmente algo acontecerá no País da Impunidade que parece cada vez mais ampla, geral e irrestrita.
A revanchista CV impôs ontem um golpe contra a Carta de 1988 e, por extensão, contra o STF. Se a Presidenta Dilma Rousseff é conivente com tal ato pode ser enquadrada em Crime de Responsabilidade. O Super Joaquim Barbosa não vai fazer nada contra isto, caso seja devidamente acionado? E os militares, que são os principais alvos da má intenção da CV, continuarão “apenas observando tudo” – igualzinho ao papagaio verde-oliva da piada de português (que não faz nada, mas presta uma atenção danada)?
Ontem, em entrevista coletiva em São Paulo, o sociólogo Paulo Sérgio Pinheiro, claramente rasgou a Constituição, ao finalmente explicitar que o relatório final da CV pretende embasar processos criminais contra aqueles que forem apontados como violadores dos direitos humanos que agiram no período fixado pelo artigo 8º das Disposições Transitórias da Constituição de 1988. A intenção revanchista da CV vai diretamente de encontro ao que está claramente escrito na própria Constituição.
Pinheiro deixou claro ontem que o relatório final da CV fará recomendações para que o Brasil respeite uma decisão da Corte Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) que, desde 2010, questiona a validade de nossa Lei de Anistia de 1979. Pinheiro também frisou que, em todos os países em que órgãos similares à CV foram formados, “investigações servem para a responsabilização de criminosos”.
Quem não é analfabeto, basta ler o artigo 8º das Disposições Transitórias, que embasa a própria criação da CV (Lei 12.528, de 18 de novembro de 2011). No texto legal, está claro que a Anistia não pode ser derrubada, como desejam os sete membros da CV, com suas visões revanchistas e revisionistas da História. Será que no Brasil não vale mais o que está escrito na Constituição, por vontade da petralhada que aparelha os podres poderes em torno do Governo do Crime Organizado?
A regra é clara: “É concedida anistia aos que, no período de 18 de setembro de 1946 até a data da promulgação da Constituição, foram atingidos, em decorrência de motivação exclusivamente política, por atos de exceção, institucionais ou complementares, aos que foram abrangidos pelo Decreto Legislativo nº 18, de 15 de dezembro de 1961, e aos atingidos pelo Decreto-Lei nº 864, de 12 de setembro de 1969, asseguradas as promoções, na inatividade, ao cargo, emprego, posto ou graduação a que teriam direito se estivessem em serviço ativo, obedecidos os prazos de permanência em atividade previstos nas leis e regulamentos vigentes, respeitadas as características e peculiaridades das carreiras dos servidores públicos civis e militares e observados os respectivos regimes jurídicos”.
Pouco se fala publicamente que cada um dos sete membros da Comissão Nacional da Verdade embolsam o valor mensal de R$ 11.179,36 (onze mil, cento e setenta e nove reais e trinta e seis centavos) pelos serviços prestados contra a soberania nacional do nosso Judiciário, pregando a derrubada da Lei de Anistia de 1979 – cujos efeitos são plenamente reconhecidos pelo Supremo Tribunal Federal brasileiro. Os sete da CV são: Paulo Sérgio Pinheiro, Claudio Fonteles, Gilson Dipp, José Carlos Dias, José Paulo Cavalcanti Filho, Maria Rita Kehl e Rosa Maria Cardoso da Cunha.
Instalada em 16 de maio de 2012, sob o pretenso argumento de “efetivar o direito à memória e à verdade histórica e promover a reconciliação nacional”, a CV é mais um instrumento de afronta ao STF – que tem de zelar pela Constituição – e aos militares – que zelam pela defesa da Pátria. Na verdade, a CV é mais um instrumento a favor da Nova Ordem Mundial – que trabalha em prol da instabilidade política e da bagunça jurídica no Brasil, para manter o País como a eterna colônia de exploração condenada à miséria e ao subdesenvolvimento.
A CV é um Golpe. Contra os Militares e o STF. Vamos todos aceitar o golpe passivamente? Ou será que alguém também quer a derrubada da Lei de Anistia, para que os crimes contra os direitos humanos (terrorismo é um deles) também sirvam para punir Dilma Rousseff, José Dirceu, José Genoíno, alguns membros da CV e tantos outros que foram beneficiados pela mesma anistia?
Anúncios

Publicado abril 30, 2013 por heitordacosta em As imoralidades

Etiquetado com

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem e vigiem: O Abuso

os condenados e foragidod

Publicado abril 27, 2013 por heitordacosta em As imoralidades

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem e vigiem ;recebi e estou repassando.

rtigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Humberto de Luna Freire Filho
Sempre cumpri meus deveres constitucionais e há onze anos exerço meus direitos de cidadão criticando e denunciando, em vários jornais e revistas, os podres dessa mega quadrilha que nos governa. Não sou o único, sou parte dos 22% da população civilizada que não quer ver o país ser destroçado. Mas para tudo tem limite e começo a sentir que estou enxugando gelo. A caneta e o teclado não surtem efeitos em país de analfabetos e semi analfabetos.
A bandidagem possui a chave do cofre e, demonstrando uma total falta de caráter, de ética e moral, compra quem quer nos balcões de negócios instalados no poder Legislativo e no poder Judiciário. O Legislativo há muito tornou-se um antro de corrupção. Salvo raríssimas exceções, é composto pelo qua há de pior na já rasteira política nacional. Os ministros da Suprema Corte são escolhidos tendenciosamente pela “presidenta” que, com a orientação do ex presidente mais corrupto que o país já teve, governa para ela e seus asseclas.
Finalmente para sacramentar a nossa desgraça, temos um povo despolitizado e extremamente covarde.
O que hoje acontece no Brasil teria em outro país uma resposta por parte da população totalmente diferente dessa alienação que vemos aqui. Enfim, estamos perdidos. Sou democrata e totalmente contra regimes totalitários, seja de direita ou de esquerda, seja militar ou civil, mas a essa altura não vejo outra saída para acabar com toda essa podridão que assola o país.
E como patriota, não de campo de futebol, tenho todo o direito de perguntar: onde estão as FFAA? Até quando um incompetente esquerdopata continuará dando ordens aos militares de alta patente, como ministro da Defesa? Até quando o pessoal da Marinha será mordomo durante as férias da dona Dilma? Até quando o pessoal do Exército vigiará morros infestados de traficantes? Até quando os oficiais da Aeronáutica serão pilotos particulares de políticos corruptos?
Espero que logo as três armas criem coragem para cumprir seu verdadeiro papel constitucional ou no mínimo, relativizar a suposta obediência. Dá nojo ao cidadão de bem acordar sendo chamado de idiota por essa corja que ocupa o poder. Não merecemos esse tratamento, nem continuarmos vendo em fotos e nas TVs caras impregnadas de cinismo anunciando um Brasil paraíso. Apesar da idade troco meu teclado, que não está dando resultado, por um fuzil.
Humberto de Luna Freire Filho é Médico

Publicado abril 24, 2013 por heitordacosta em IMPUNIDADE

Etiquetado com

http://uwall.tv/?q=Sonny+Boy+Williamson&forzar_lang=pt   Leave a comment

http://uwall.tv/?q=Sonny+Boy+Williamson&forzar_lang=pt.

Publicado abril 23, 2013 por heitordacosta em artístico

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem e vigiem

Em um país sério isso não seria possível.

Brasil abre mão de arrecadar R$ 1 bilhão em impostos na Copa de 2014

Em 2010, quando a lei foi assinada, projeção era de que o País deixaria de coletar R$ 500 milhões

Jamil Chade – Enviado especial – O Estado de S. Paulo

TURIM – Na Copa do Mundo mais bilionária da história, o Brasil abrirá mão de coletar impostos no valor de mais de R$ 1 bilhão durante o Mundial de 2014 por causa das isenções fiscais que concedeu à Fifa, seus parceiros comerciais e à construção de estádios pelo País. Os dados serão divulgados em meados do ano pelo Ministério do Esporte. O valor da renúncia fiscal é duas vezes superior ao que o ex-ministro do Esporte, Orlando Silva, chegou a anunciar em 2010 quando o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou a lei que concedia os benefícios fiscais.

Para Valcke, Copa 2014 será uma das mais rentáveis

O valor, estimado pelo próprio Ministério do Esporte, ainda seria suficiente para construir mais de 227 escolas pelo País, considerando o valor de R$ 4,4 milhões para cada estabelecimento, conforme projeções dos custos de um colégio estabelecido pela prefeitura de São Paulo. Outra estimativa aponta que o valor seria suficiente para construir mil creches.

A Fifa prevê lucros sem precedentes na Copa e já admite que os contratos comerciais que assinou em função da Copa já superaram os valores das Copas de 2010 e de 2006, mesmo que ainda falte um ano para o Mundial no Brasil.

Mas uma de suas exigências era de que a entidade não pagasse impostos no País, como também ocorreu em outras Copas do Mundo. Impostos de importação, taxas sobre lucros, tributos vários e mesmo impostos sobre os salários dos funcionários da Fifa não serão cobrados.

A Fifa alega que não tem sede no Brasil e, portanto, não teria motivo para pagar impostos no País. Mas, na Suíça, onde tem sua sede, a entidade também tem um acordo e está praticamente livre de impostos. Resultado: os benefícios da Copa entram nos caixas da entidade praticamente sem nenhuma taxação. Questionada sobre o motivo de exigir a isenção, a Fifa se limita a explicar que “foi sempre assim”, em relação a outras Copas.

PROJEÇÕES
Em 2010, quando a lei que previa as isenções foi assinada, o então ministro Orlando Silva garantiu que a renúncia era de R$ 500 milhões. Semanas depois, membros do próprio governo admitiam que o valor chegaria a R$ 900 milhões, diante das isenções que foram também dadas aos clubes, empresas e entidades que estivessem construindo estádios.

Agora, o secretário executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, admitiu aoEstado que o valor deverá ficar acima de R$ 1 bilhão.

“Acreditamos que vá passar da marca de R$ 1 bilhão”, disse em Turim. Ele promete que o detalhamento da isenção, quem recebeu e qual obra se beneficiou será divulgado pela primeira vez em meados do ano. “É um exercício de transparência”, estimou.

Por enquanto, a Copa já teve um orçamento de R$ 24 bilhões, ainda que o próprio governo estime que o valor irá superar a marca dos R$ 30 bilhões.

A expectativa do governo era de que R$ 16 bilhões entrassem nos cofres da União com a realização da Copa do Mundo de 2014 em outros impostos. Mas o valor acabou sendo reduzido para R$ 10 bilhões.

As prefeituras também deram isenção na cobrança do Imposto Sobre Serviços (ISS) à Fifa, assim como na construção e reforma dos estádios utilizados na Copa.

 

Publicado abril 23, 2013 por heitordacosta em As imoralidades

Etiquetado com

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

 

O “Estado” na visão do PT

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Valmir Fonseca
Quando falamos sobre o Estado, lamentavelmente estamos nos dirigindo apenas para cerca de 2% da população. O restante, nem sabe do que se trata.
Para a minoria que sabe, apenas para facilitar a nossa digressão, retrocedamos aos primórdios da civilização, onde vamos encontrar um grupo humano, com algumas afinidades, ocupando certo território, que lá pela tantas, resolve unir – se por propósitos comuns e gerar condutas, normas e leis, criando para o bem comum uma organização sócio-político – jurídica, com governo independente: eis o Estado.
O governo é o elemento político do Estado, ou seja, é o conjunto das instituições políticas que desempenham o papel de centro das decisões do Estado
Aí está como apreendemos a gênese do Estado: um povo, um território, um governo.
Salta aos olhos dos mais beócios, que o Estado existe para promover o atendimento das necessidades e das aspirações do povo, para tanto, o governo é o seu elemento de gerenciamento provisório, e que só existe em função e para a população.
Embora, quase desnecessário repetir quem é quem e para que servem, no Brasil, a plebe ignara desconhece estes princípios básicos, por ignorância explícita e por conivência implícita.
Na prática, o que constatamos é que na atualidade, sob a égide do esquerdismo – lulo – sindical, o Estado visivelmente confundiu – se com o governo, e o pior, o território e a população formam uma nação que é serviçal, por ser politicamente submissa à nomenklatura de seu governo.
A afirmativa é incontestável, quando visualizamos, o quanto é destinado dos impostos extorquidos da população para o monstruoso cérebro e seus vorazes tentáculos,
Ou seja, o povo de há muito existe para a sustentação de uma cúpula de pouca valia no referente à promoção do seu bem comum, pois claramente, este bem refere – se ao atendimento, não da população, mas dos aquinhoados que ocupam os cargos seja no Executivo, seja no Legislativo, seja no Judiciário.
Basta olharmos para qualquer daqueles órgãos para verificar que na prática são como sedentas sanguessugas.
Usufruem de vergonhosas mordomias, vultosos vencimentos e não se limitam a eles, tão facilmente obtidos, porém cobrem – se de bens e de valores advindos de negócios nebulosos e toda a sorte de maracutaias possíveis.
Mas nada lhes satisfaz, possuindo o poder de conceder – se aumentos e vantagens vergonhosos, e sem nada para limitar os seus abusos, a cada dia aumentam o seu quinhão ao seu próprio alvedrio.
O PT tem incentivado a criação desta aberração, pois será o grande beneficiado, permitindo que atores coadjuvantes subam no palco de sua pantomima, se lambuzem como beneficiários da subserviência da população, e de comum acordo se aquietem e não perturbem a sua inexorável marcha rumo ao poder total.
É uma ação entre amigos, quando existe um lauto bolo a ser dividido, e um bando de servos para ser espoliado, doutrinado e ideologizado.
Assim, todos se locupletam. Depois alguém pergunta pela oposição. Na terrinha onde todo mundo quer levar vantagem em tudo, vai ser difícil encontrar mesmo com a mais poderosa lupa, um esboço de reação.
É patente, que pouco falta para que seja institucionalizada a definição de que o Estado brasileiro é o próprio governo e que população e território são suas propriedades.
Falta muito pouco, mas na prática já é o que acontece.
Meus pêsames, sociedade brasileira, mas pensando bem, é disso que vocês gostam.
Valmir Fonseca Azevedo Pereira, General de Divisão reformado, é Presidente do Ternuma.

Publicado abril 23, 2013 por heitordacosta em IMPUNIDADE

Etiquetado com

A Ordem das Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atentem e vigiem Recebi e estou repassando,

 

Fora da Ordem

Caetano Veloso

Vapor barato, um mero serviçal do narcotráfico
Foi encontrado na ruína de uma escola em construção
Aqui tudo parece que é ainda construção e já é ruína
Tudo é menino e menina no olho da rua
O asfalto, a ponte o viaduto ganindo pra lua
Nada continua
E o cano da pistola que as crianças mordem
Reflete todas as cores da paisagem da cidade que é muito
Mais bonita e
Muito mais intensa do que no cartão postal
Alguma coisa está fora da ordem
Fora da nova ordem mundial…
Escuras coxas duras tuas duas de acrobata mulata
Tua batata da perna moderna, a trupe intrépida em que fluis
Te encontro em Sampa de onde mal se vê quem sobe ou desce a rampa
Alguma coisa em nossa transa é quase luz forte demais
Parece pôr tudo à prova, parece fogo, parece, parece paz
Parece paz
Pletora de alegria, um show de Jorge Benjor dentro de nós
É muito, é grande, é total
Alguma coisa está fora da ordem
Fora da nova ordem mundial…
Meu canto esconde-se como um bando de Ianomâmis na floresta
Na minha testa caem, vêm colocar-se plumas de um velho cocar
Estou de pé em cima do monte de imundo lixo baiano
Cuspo chicletes do ódio no esgoto exposto do Leblon
Mas retribuo a piscadela do garoto de frete do Trianon
Eu sei o que é bom
Eu não espero pelo dia em que todos os homens concordem
Apenas sei de diversas harmonias bonitas possíveis sem juízo final
Alguma coisa está fora da ordem
Fora da nova ordem mundial…

 

 

segunda-feira, 15 de abril de 2013

 

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Mário Márcio

“O Grupo CNM – Comunismo Nunca Mais , será o Wikileaks do Brasil.”

O artigo de hoje retratará sobre o perigo que vem do Planalto Central. Em todos estes anos de abertura política com a democracia em voga, em nenhum momento houve tanto interesse da esquerda na manutenção do poder como estamos assistindo na atualidade com bastante ênfase. 

Não se trata somente de uma diretriz estabelecida pelo Foro de São Paulo, mas sim, novos ventos que vem soprando rapidamente oriundo da velha Europa como sendo o grande mote para mudanças políticas e sociais do mundo. O Brasil por sua vez, pela sua posição altamente estratégica no contexto internacional não deixaria de participar com muita força.

Desde o momento em que o PT se estabeleceu como partido forte do governo, passando por duas governanças no Planalto Central, estabeleceu-se diretrizes muito bem estruturada, com excelentes propagandas a favor do governo, do tipo atingimos auto-suficiência em petróleo e tantas outras propagandas para iludir a sociedade brasileira.

A administração Dilma tem dado uma forte acelerada em suas pretensões políticas com o aval do PT, aonde citaremos alguns pontos essencialmente estratégicos que poderão mudar a face do Brasil nas próximas eleições, aonde corremos um sério risco de nos tornarmos o maior país socialista do cone sul.
Estas são as medidas implementadas pelo governo através das ditas PECs:

– aliciamento da sociedade sobre a importância da nova ideologia citando sempre o termo democracia para não assustar as mentes cultas do país ( democracia socialista é um novo tema );

– degradação da família com a introdução de uma nova ordem, dando ênfase ao surgimento de uma nova classe social – o homossexualismo, que fará parte de um novo termo constitucional;

– aliciamento gradativo das FFAAs preparando a alta oficialidade para o novo ordenamento político ( parcelamento dos salários em três anos, a degradação orçamentária, a política de extinção da Justiça Militar, a instalação da Comissão da Verdade aonde se julgará somente um lado, o pagamento de pensões as famílias de ex-militares que participaram em 1.964 contra as forças nacionais, são motivos suficientes de mudanças não mais do praça para as patentes mais altas, mas sim, o processo inverso dentro dos organogramas militares );

– introdução através das PECs das criações de unidades maternais a custa do Estado para introduzir o aliciamento desde a idade infantil para o estabelecimento de futuras lideranças do regime comunista que será instituído;

– os silêncios da ABI ( Associação Brasileira da Imprensa ), CNBB ( Conselho Nacional dos Bispos do Brasil ), algumas igrejas evangélicas ( que estão passando por um novo processo de aliciamento ), OAB ( Organização dos Advogados do Brasil e todo o seu corpo jurídico ), sindicatos patronais , o ensino brasileiro em toda a sua extensão, a área de saúde a nível nacional ( enfraquecendo e induzindo a classe médica a favor do novo regime );

– o alinhamento deste governo contra os Estados Unidos apoiando todas as ações de esquerda de várias nações, aonde incluímos na atualidade a questão da Coreia do Norte;

– as medidas implementadas por este governo com empréstimos concedidos aos países da África , junto com o pacote as implementações ideológicas do PT nestas nações de terceiro mundo;

– implementação de uma política de acordo com os demais partidos para o enfrentamento das eleições de 2.014.

Temos um elenco de medidas que favorecerão a vitória de Dilma e possivelmente a instalação definitiva do comunismo no Brasil influenciando a América do Sul e aplicação do Foro de São Paulo. Diríamos sem sombra de dúvida , a nova ordem mundial teria como ponto central e início do estabelecimento de uma nova ideologia introdutória através da possível vitória do PT neste campo político.

Mário Márcio, General de Brigada na reserva, é Colunista da Associação Nacional dos Militares do Brasil – ANMB – http://www.facebook.com/ANMBrasil

Postado por Jorge Serrão às 09:08:00

Publicado abril 16, 2013 por heitordacosta em Notícias e política, Organizações

Etiquetado com