Conflitos em Raposa /Serra do Sol   Leave a comment

 Foto-Heitor  Cabeças Pensantes atentem e vigiem

                                                       Os conflitos em Raposa/Serra do Sol

 

Quartiero afirma que ação do governo Federal será desmascarada – 04/04/2008
Local: Boa Vista – RR
Fonte: Folha de Boa Vista
Link: http://www.folhabv.com.br/

A ação dos coordenadores da Operação Upatakon III que pretendem enquadrar o empresário e presidente da Associação dos Arrozeiros de Roraima, Paulo César Quartiero, por crime ambiental, sob a acusação de desmatar terra ilegalmente, desviar curso de rio e destruir mata ciliar nas fazendas deles, seria a maneira mais fácil para retirá-lo da área da Raposa/Serra do Sol.

Ao ser abordado a respeito deste assunto o empresário Quartiero afirmou que a ação do governo Federal, é uma tentativa de lhe desqualificar e uma maneira de tirá-lo da atividade.  Não me intimido com estes fatos e esta tentativa será desmascarada com certeza.

O presidente da Associação dos Arrozeiros esteve na manhã desta quinta na Assembléia Legislativa (ALE-RR), acompanhado do deputado federal Márcio Junqueira (DEM) e de empresários locais, para solicitar que os deputados estaduais assinassem o documento denominado Carta de Roraima.

Segundo matéria do Jornal O Globo na edição da última quarta-feira, um integrante do grupo que coordena a Operação Upatakon III, afirmou que será mais fácil pegar o empresário Quartiero por crime ambiental do que por invasão de terra indígena.

Entretanto no dia 27 de setembro de 2007 o empresário Paulo César Quartiero, comunicou ao senador Mozarildo Cavalcanti (PTB) no Plenarinho da ALE-RR e aos deputados da Comissão Especial Externa da Casa que, o governo Federal estaria ‘armando’, no sentido de acusar os arrozeiros de desastre ecológico para retirá-los da reserva indígena Raposa/Serra do Sol.

Na época, Quartiero disse aos parlamentares, como não conseguiu retirar as pessoas da área Raposa/Serra do Sol, o governo Federal estaria usando o ambientalismo para esta finalidade.

"Estão fabricando incidentes e desastres ecológico na região (Reserva Raposa/Serra do Sol) para que, os arrozeiros sejam responsabilizados pelo crime, e colocando os mesmos na mídia de forma a os execrar.  E com isso, conseguir o que eles querem que é lacrar nossas máquinas e, conseqüentemente, paralisar nosso plantio e nossa produção", disse o empresário.

Na avaliação do presidente da Associação dos Arrozeiros, é muito fácil cometer o desastre ecológico para incriminá-los.  "É só pegar uma pessoa que é contra a permanência dos empresários na reserva indígena, pega um litro com produto, joga na lagoa para matar os peixes e responsabilizar os arrozeiros pelo fato", comentou.

Repórter
O empresário Quartiero recebeu uma informação através de um repórter de Brasília, dando conta de que, o governo Federal pretende lacrar as máquinas dos arrozeiros, utilizando como pretexto a questão ambiental.  "Está se montando um teatro, para nos colocar como agressores do meio ambiente, e conseguir o que até hoje não conseguiram, que é paralisar a produção agrícola do Estado de Roraima", estacou.,,

 

-Mais, muito mais eternamente 

 

Anúncios

Publicado abril 4, 2008 por heitordacosta em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: