Arquivo para agosto 2007

Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atente e vigiem

A Televisão a ética e os Direitos de Imagens

Tudo bem quando o enfoque refere-se a uma homenagem, seja ela de aniversário da emissora ou, da morte de um artista. Porém, no caso da Rede de Televisão Bandeirante, ela vai um pouco mais além. Ao reapresentar semanalmente a série de programas, “Bronco”, contendo participações de destaques já falecidas, – Ronaldo Golias, Nair Belo, assume uma postura não ética ao apresentá-lo através de chamadas com patrocínio. Neste caso não se trata de homenagens, mas, simplesmente a venda de um conteúdo, que foi apresentado na década de 80 séculos passado.

Tal fato não é privilégio da citada emissora, o Sistema brasileiro de Televisão, (SBT), também apresenta diariamente um programa tendo o mesmo artista, Ronaldo Golias.

Eu destaquei esses dois casos apenas para que eles sejam escrutáveis. Mas o problema não se esgota nesses exemplos. Na área fonográfica ele se faz presente através de lançamentos de CDS e DVDS, sem um mínimo de respeito, prevalecendo à famosa “lei” de Gerson, onde simplesmente os valores morais e éticos, são sobrepujados pelo o “amoral” faturamento comercial.

-Se você gravou e não fez sucesso, morra. Ai, antes que o seu cortejo fúnebre chegue ao campo santo, você “estará” em primeiro lugar na lista dos mais pedidos e vendidos da semana, sendo sua obra, lançada em CDS, DVDS, com direito a exibições de Vídeos na Internet-.

Atenção Cabeças Pensantes: Essa abordagem tem como objetivo, o inicio de um debate sobre essa forma vigente de domínio sobre os direitos, Intelectuais, comerciais de imagens e, autoraisEstou à espera de vossas  

Publicado agosto 12, 2007 por heitordacosta em noticias e opinião

Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes

A Televisão a ética e os Direitos de Imagens

Com a utilização do VT, as emissoras a princípio, passam adotar o sistema de gravar os seus principais programas que são exibidos em horário nobre. Aos poucos a grade de programas e a faixa comercial, passam a terem seus conteúdos gravados. Com o transcorrer do tempo as agências de publicidades e as emissoras de Televisão, em face do desenvolvimento do mercado criam uma nova modalidade contratual chamada de Direito de Imagem, que proporciona aos contratantes usar de forma mais abrangente o conteúdo e automaticamente o seu contratado, o mesmo não se dá ao contratado. Atualmente um grupo comemora x anos de existência, parte desse grupo, encontra-se uma Rede de Televisão que, irmanado as comemorações, resolve exibir em reapresentações alguns de seus “melhores” programas.

Amanhã iremos ao âmago da questão.

 

Quero agradecer as pessoas que muito me honraram acessando minha página. Voltem sempre, sempre, eternamente.    

Publicado agosto 11, 2007 por heitordacosta em noticias e opinião

A Televisão a ética e os Direitos de Imagens. Cabeças Pensantes atente e vigiem.   Leave a comment

 

Cabeças Pensantes atente e vigiem.

A Televisão a ética e os Direitos de Imagem

As agências em face da expansão do mercado emergente, – a valorização do espaço comercial nas emissoras de Televisão, – o veículo de comunicação mais visto da Mídia na ocasião -, adotaram um esquema de contratações, -exclusivas- para clientes seus tops de line.

O artista ganhava nesta fase, mais dinheiro além, do contrato com as emissoras de Televisão, que variava entre um a dois anos dependendo dos interesses de ambas as partes, tinha agora mais um espaço para atuar. O artista estava liberado para ser cooptado por este novo veiculo de publicidade o Marketing.

As investidas comerciais entre as agências de publicidades, patrocinadores, a Mídia eletrônica, e a classe artística tornavam-se mais acirradas e valorizadas. Durante essa fase, determinadas agências de publicidade em alguns casos, chegavam exigir de certas emissora de Televisão, a escalação em determinados programas de artista seu contratado, alegando “vontade” do seu cliente-patrocinador-.

Paralelamente, iniciavam-se a transição dos sistemas de transmissões, o convencional, – preto e branco, – e a implantação de moderna tecnologia que propiciaria o inicio das transmissões às cores, surgindo um novo e abrangente campo de trabalho.

A modernidade apresentada através das transmissões, gerações de imagens às cores, equipamentos modernos, – para época-, entre eles, a câmera com mais recursos e, a maravilhosa e ao mesmo tempo “tenebrosa”, máquina de gravação o (VT).

A partir desse momento, tudo se transforma tudo pode ser possível.  

Amanhã continuo.Sexy

Publicado agosto 10, 2007 por heitordacosta em noticias e opinião

Cabeças Pensantes   Leave a comment

Cabeças Pensantes atente e vigiem

A Televisão a ética e os Direitos de Imagens.

Algum tempo acompanho na Mídia fatos relacionados às reapresentações de programas-reprises-, e lançamentos em áudio e vídeos-CDS e DVDS-, de artistas que já estão em outro plano.

Quando comecei trabalhar em Televisão, – pertenço à segunda geração de profissionais-, existiam duas emissoras; Televisão Tupi e Televisão RIO. –Década de 50-. Depois vieram, Televisão Continental, Televisão Excelsior, Televisão Globo e finalmente, Televisão Manchete. Pois bem, tirando a Televisão Globo da relação, todas faliram. O que provocou tal fato fica para outra ocasião.

Voltando ao assunto, naquele tempo as contratações dos artistas, dependendo da fama, obrigavam a ter além do compromisso direto, -programa- mais duas ou três, participações – escalações em outros programas. O artista era contratado pela emissora (x) para atuar no programa (y). Se o artista tivesse nome, o adendo determinando sua atuação em mais programas era acrescentado ao contrato.

Então o Direito de Imagens pertencia à contratante -Emissora de TV- durante a vigência do referido contrato. Também existia uma clausula que vedava sua participação em programas de emissora concorrentes enquanto houvesse o vínculo contratual.

No início dos anos 60 o profissionalismo aparece mais focado. A década da poesia, – melhor assim chamá-la-, chegara ao fim, e, outras emissoras surgem, junto, as agências de publicidade, empresários, o Marketing um eldorado financeiro sedutor, acenava com todo o fascínio que o ouro pode oferecer.

Amanhã continuo.

 Sexy 

Publicado agosto 9, 2007 por heitordacosta em noticias e opinião

Falando sobre Um fato em foco   1 comment

Sexy 

Citação

Los Hermanos. Cabeças pensantes atente e vigiem

“O Brasil rasgou a  melhor tradição de sua democracia com essa deportação sumária dos dois boxeadores cubanos. O Brasil me envergonhou. Estamos entregando dois jovens campeões cubanos à ditadura sanguinária de Fidel Castro”. Condenou o senador Tucano Arthur Virgílio. (AM)

Logo após a deserção dos atletas cubanos o jornal Granma publicou uma reflexão de Fidel onde ele questionava se o Brasil era substituto dos Estados Unidos, referindo-se ao caso dos cubanos desertores do sistema.

Enquanto isso em matéria assinada  por  Anthony Boadle para Reuters  ele informa que desde de maio, a guarda costeira americana vem interceptando mais barcos em condições precárias e cheias de pessoas nas águas calmas de verão do Estreito da Flórida. A patrulha de fronteira também registra bom número crescente de travessias nos limites entre México e os EUA.

Esses cubanos viajam entre os 145 quilômetros que separam sua ilha em qualquer coisa que flutue e tenha motor. Serve de barcos pesqueiro seqüestrado até estruturas de canos amarrados e cobertos juntos com um cortador de grama responsável pela propulsão. Só neste ano, 2.819. desembarcaram na costa da Flórida. –Existe definitivamente um aumento. Não vamos negá-lo-, garantiu Jennifer Connors, porta- voz da Customs and Border Protection

-Antigamente o muro que separava a Berlim oriental da Berlim livre, quando algum fugitivo do sistema conseguia ultrapassá-lo, não havia meios,  –conchavos, companheirismo, quiça arrepios da lei,- que devolvessem  o desertor.

Hoje , os muros são muito mais perigosos pois são feitos por Ditadores, que se fazem de vítimas.

SexyUm fato em foco

 

Publicado agosto 7, 2007 por heitordacosta em noticias e opinião

Los Hermanos. Cabeças pensantes atente e vigiem   Leave a comment

Publicado agosto 7, 2007 por heitordacosta em Uncategorized

Um fato em foco   Leave a comment

SexyHoje,

 eu estive acompanhando as noticias relacionada ao esporte, e diante de um fato, não direi que único. –contendo  criticas a CBF-, porém, dos poucos que li.  Trata-se de matéria escrita por um ex-jogador renomado, de seleção, médico, que escreve sobre esportes no Jornal do Brasil conhecido internacionalmente como Tostão

O assunto que chamou a minha atenção, é sobre as possíveis estripulias -farras-, na seleção brasileira durante as competições internacionais. Os segredos da “caixa preta” ainda são protegidos por parte da Mídia sabuja da CBF, leia-se TV Globo, tudo por causa dessa imoral exclusividade. Uma vez através do jornal Nacional, jogaram uma “pedrinha no vespeiro da CBF”, mostrando ao Sr Ricardo Teixeira, que a exclusividade deveria ser preservada  

Em 2006 Ricardo Teixeira teria dito que alguns jogadores haviam chegado de madrugada bêbados a concentração. Depois em entrevista concedida a TV Globo, negou que tivesse falado a palavra bêbado.

Tostão acha que isso tenha pouca ou nenhuma importância, pois segundo ele, “em todos mundiais, nos que o Brasil ganhou e nos que perderam, alguns jogadores se excederam nos dia de folga, cada um do seu jeito.”

Tostão cita os fatores que contribuíram para o fracasso do Brasil nas competições; problemas técnicos e físicos, a prepotência dos atletas, da comissão técnica e da CBF.

Para ganhar um Mundial continua ele, Além das virtudes técnicas e físicas, é preciso haver muita concentração, e um desejo intenso de superar as dificuldades e a percepção pelos os atletas de que eles só vão brilhar se o conjunto for bem.– Bem se prevalecer essa teoria, acredito que o Dunga possa sair vencedor. Agora, é preciso que a caixa preta da seleção brasileira seja aberta, não que se busque escândalo, porém que se achem meios que evitem incorrer-nos erros. 

Publicado agosto 6, 2007 por heitordacosta em Notícias e política